O Templo Escola Lendas de Aruanda é uma instituição religiosa, espiritualista, monoteísta, apolítica, isenta de preconceitos religiosos, sociais, raciais e culturais.

O Templo Escola Lendas de Aruanda não faz caridade pois entende que esta faz o indivíduo sentir-se diminuído e cria obstáculos ao seu desenvolvimento como ser dado que estimula a dependência e a acomodação.

Assim, substituímos a palavra “caridade” por apoio. Consideramos que esta se enquadra melhor nas directrizes dos trabalhos efectuados pelo Templo assim como no auxílio às pessoas que entram no seu recinto em busca de compreensão sobre si mesmas e sobre o universo espiritual que as rodeia. Através do estudo e do contacto com o mundo espiritual e magístico abrem percepções e condições de resolverem as suas dificuldades e de se equilibrarem em busca de uma vida mais harmoniosa e feliz.

O Templo Escola Lendas de Aruanda não prega o fanatismo espiritual e religioso, nem a doutrina dos milagres, pois acredita plena e conscientemente na Lei Universal que dá a cada um de acordo com as suas acções interiores e exteriores. Com essa concepção, os nossos trabalhos visam restaurar o equilíbrio entre o corpo, a mente e o espírito através de processos transformadores internos ou espirituais, sustentados nos seus princípios, doutrinas e fundamentos.

O Templo Escola Lendas de Aruanda tem por objectivo primeiro o ensino, o auxílio e o despertar da consciência espiritual e religiosa dos seus alunos, colaboradores (médiuns) e frequentadores. Por isso não se utiliza de processos religiosos, espirituais e magísticos para fazer adivinhações e muito menos trazer infelicidade a um semelhante. Por isso não compactuamos com ideia do tipo: fazer amarração, fechamento de caminhos ou qualquer outro tipo de trabalho magístico ou espiritual que venha a atender interesses mesquinhos e egoístas em detrimento do próximo. Combatemos esse tipo de acções que prejudicam intensamente não só o alvo escolhido, como também quem as praticou.

O Templo Escola Lendas de Aruanda não obriga nenhum dos alunos, colaboradores da casa e visitantes a concordar com as suas regras de funcionamento ou com os seus fundamentos de trabalho, mas cobrará o devido respeito aos mesmos sempre que estes não se mostrarem dentro dos parâmetros e leis regentes do Templo. Assim, todos os que frequentam e visitam o Templo Escola Lendas de Aruanda poderão permanecer de livre e espontânea vontade enquanto se sentirem afinizados, amparados e fortalecidos pelos procedimentos espirituais e religiosos do mesmo.

Os trabalhos realizados pelo Templo Escola Lendas de Aruanda são regidos por uma hierarquia natural onde se seguirão sempre as instruções e orientações do dirigente espiritual e do mentor espiritual responsáveis pelos trabalhos e ensinamentos.

Toda uma hierarquia de trabalho prático ou espiritual que seja formada no Templo Escola Lendas de Aruanda respeitará as suas regras e fundamentos naturais, não sendo permitido a nenhum dos participantes alterar directrizes ou dar ordens de trabalho sem o aval do dirigente responsável.

Todos os trabalhos realizados pelo Templo Escola Lendas de Aruanda visam, através das suas práticas rituais e religiosas, promover o equilíbrio e o bem-estar dos seus trabalhadores assim como os dos seus frequentadores.

É aberto para os frequentadores do Templo Escola Lendas de Aruanda um trabalho denominado “engira”, conhecido popularmente como “gira”, onde é pedia uma taxa por pessoa que visa o processo administrativo do Templo.

São fechados para os frequentadores, os trabalhos realizados de forma exclusiva para os colaboradores (médiuns) do Templo Escola Lendas de Aruanda.

São também colocados à disposição dos frequentadores e colaboradores do Templo Escola Lendas de Aruanda, cursos que visam promover o entendimento e o crescimento espiritual ou mesmo a preparação para postos de serviço dentro dos trabalhos realizados pelo Templo. Os mesmos podem ser abertos ou fechados a frequentadores e/ou trabalhadores, mediante os assuntos abordados, sendo cobrada uma taxa de participação.