Umbandoterapia

Umbandoterapia VI – Desmagiamento

Magia…

A Umbanda é uma religião magística por excelência, tendo como uma de suas funções a quebra, o corte ou o “desmagiamento” de ações mágicas de ordem negativas ou trevosas.

A magia é algo comum e natural as práticas espirituais e religiosas da humanidade.

Toda e qualquer religião têm suas fórmulas de transformação da realidade em benefícios de seus fiéis.

Sua ação é talvez a primeira forma de encontro ou contato com o sagrado e é praticada e entendida de várias maneiras e formas. Sua prática, tal como sua ação é muito mais comum do que se imagina.

Lembro que a Magia em sua essência traz valores e magnetismos divinos, Ler restante »

Umbandoterapia V – Obsessão Espiritual

O termo obsessão espiritual foi difundido por Allan Kardec e designa um tipo de distúrbio, ou como o próprio a definiu uma doença espiritual. A obsessão espiritual se caracteriza quando um ou mais espíritos de carater inferior exercem uma influência constante sobre um outro ser, em especial sobre o seu psiquismo.

Kardec definiu três graus do processo obsessivo: Ler restante »

Umbandoterapia IV – Musicoterapia de Umbanda

““Quem canta seus males espanta”

Sabedoria popular

“Mas quem canta e dança joga ainda mais para longe.””

“Nêga” Adelaide

Essa é uma afirmação constante da Baiana que comigo trabalha. Onde durante seus trabalhos de atendimentos pede para seus filhos, lembrarem do toque do atabaque, dos pontos que estão sendo cantados, e no seu dia-a-dia cantarem e dançarem com eles.

É interessante perceber Ler restante »

Umbandoterapia III- Os benefícios da Incorporação

Em texto anterior decorremos de forma simplificada, talvez até simplista como ocorre a Umbandoterapia. Hoje vamos nos aprofundar um pouquinho e vamos explicar de forma simples um dos aspetos mais importantes da Terapia de Umbanda que é o benefício da incorporação ou do transe mediúnico de Umbanda.

Para algumas pessoas parece até estranho falar de benefícios mediúnico, visto que muitos possuem problemas ou dificuldades com a sua mediunidade e ainda não conseguiram ver ou encontrar alguma benesse nessa sua característica.

Então antes de explicar isso vou lembrar uma frase do Irmão X (Humberto de Campos) psicografada por Chico Xavier Ler restante »

Umbandoterapia II – Absorção energética

Uma queixa comum a vários médiuns, principalmente quando não possuem o conhecimento, a firmeza e a orientação mediúnica necessária é o de absorção energética. Que é aquele sentimento de peso, de esgotamento, de dor de cabeça, cansaço, mal humor que muitas vezes acontecem depois de terem conversado com uma outra pessoa, ou frequentado determinados lugares.

Isso acontece porque todos nós somos dotados de um magnetismo chamado de mediunidade, e que devido a esse magnetismo somos capazes de sentir ou mesmo absorver vibrações alheias, que tanto podem nos prejudicar, como também serem trabalhadas, anuladas e recicladas por médiuns educados e preparados tanto em seu próprio beneficio como no dos outros. Ler restante »

Umbandoterapia – A Terapia de Umbanda

Por Heldney Cals

“Homem, conheça-te a si mesmo, para poder conhecer os deuses
e reconhecer o Deus que habita em ti”.
Hipócrates

Quanto se diz que a Umbanda é muito mais do que uma religião, tenho que dar toda razão. Pois a Umbanda fornece um mundo de possibilidades, que muitas vezes passam despercebidas por seus próprios adeptos.

Uma delas é a capacidade terapêutica que a Umbanda possui de forma intrínseca nos seus trabalhos mediúnicos.

Hoje, dentro do segmento espiritualista em geral, muito se valoriza a palavra terapia, mas será que existe uma compreensão real desse termo?

Terapia é um termo oriundo do grego que significa “servir a Deus”, ou “tratar através de Deus”. Ou seja, é um conjunto de processos que visam o alívio ou a cura de determinados problemas através de Mistérios Divinos.

A busca da cura através de Deus, do sagrado sempre existiu e continuará a existir. A prova disso é procura crescente que as terapias com enfoques espiritualistas ou holísticos têm tido nos últimos anos, visto que a nossa ciência clássica nem sempre é possuidora de todas as respostas.

O interessante é observar Ler restante »