Princípio Exu

No universo existe um poder regulador do caos e da desordem.
Esse poder é uma Lei Divina, Soberana, um Princípio Cósmico, uma força viva da Natureza que regula os desequilíbrios onde quer que eles se apresentem. Essa força reguladora da Lei que rege os entroncamentos energéticos, é o poder primordial que se opõe ao caos e estabelece o equilíbrio, regulando as forças da evolução.

Essa força na Terra, dentro da realidade humana, na visão da Umbanda é interpretada e entendida como uma divindade, como um Orixá, como Exu.

Orixá é um poder divino, uma emanação de Deus, um simbolismo ou um entendimento das Energias Superiores da Criação que vibram e atuam muito além da realidade e do conhecimento humano.

Dentro da ação espiritual humana essa força se dá a conhecer e se manifesta através de espíritos humanos que se sintonizam com essa “consciência” reguladora e que assumem a função de restabelecer a ordem e o equilíbrio. São agentes da Lei Ler restante »

Lendas de Aruanda – 7 Anos

Saravá Sr. OgumLendas de Aruanda 7 Anos

“Ele recebeu sua coroa de Oxalá
Ele recebeu ordem para comandar
Saravá Ogum Guerreiro
Saravá Ogum de fé
Salve São Jorge de Aruanda
Que protege filho de Umbanda”

Dia 23 de abril de 2009, sob às luzes de Aruanda e fortalecidos por Ogum, abrimos nosso templo, nosso terreiro, nossa casa.

Foram sete anos de caminhada, de luta onde levantamos a espada da paz de Oxalá sustentada pela força de Ogum e enfrentamos todos os desafios que apareceram e que sabemos que ainda aparecerão, pois quem está de facto na espiritualidade sabe que as dificuldades fazem parte do caminho.

Não sem cicatrizes, conseguimos sair vitoriosos mantendo-nos “nos trilhos que meu pai ensinou” e seguindo a orientação da espiritualidade. Esses sim os grandes responsáveis por tudo que conseguimos nesses sete anos. Aos quais agradecemos de corpo, alma e coração.

Assim queremos no dia hoje agradecer a todos que contribuíram para a estruturação, para o amadurecimento, para o fortalecimento, crescimento e expansão de nossa casa.

Assim como por todo amor, amizade e carinho a nós demonstrados. Que Jesus com sua espada traga paz em vossa jornada, que Ogum traga a força da fé que vence todas as batalhas e que vossa vida seja repleta de felicidade e abundância.

Um enorme abraço a todos
Heldney Cals
José Santiago

Workshop Magia Natural O Poder do elemento Vegetal na Umbanda

 

Workshop Magia Naturalhttp://lendasdearuanda.com/umbanda/?page_id=591

Orixás e as Telas planetárias – Mentais

Telas OrixásOs Orixás são desdobramentos cósmicos das sete vibrações, dos sete princípios universais do Criador. Enquanto divindades possuem ação reguladora desses mesmos princípios, sendo também responsáveis pelos desdobramentos fluídicos e energéticos da energia primordial divina que está na origem dos fluidos, das essências, das substâncias e dos elementos que constituem a formação geológica do nosso planeta – ou a matéria física.

Assim, podemos entender que o nosso planeta é um organismo vivo e pulsante que vibra e irradia a energia, a essência, a natureza, a “Alma” dos Orixás constantemente, Ler restante »

Iniciação à Umbanda

Iniciação à UmbandaMuitas são as pessoas que nos perguntam como iniciar-se na Umbanda. E com intuito de esclarece-las, passamos a baixo a nossa visão.

Acreditamos que o processo de iniciação na Umbanda seja um método de auto iniciação, ou seja, começa com a vontade do principiante em buscar sua transformação e lapidação interior, ao mesmo tempo em que busca relacionar-se melhor com o sagrado e a espiritualidade, predispondo-se a servi-los.

O processo de auto iniciação demanda tempo e esforço pessoal por parte do iniciante, pois a experiência e a maturidade mediúnica só se adquire com a prática, com a persistência e com a boa vontade do adepto de servir, de aprender e de se desenvolver mediunicamente.

Esse desenvolver mediunicamente, não tem a ver apenas com as qualidades e potencialidades mediúnicas do médium, mas sim Ler restante »

Ataques e Defesas

“ A língua muitas vezes fere mais que o golpe da espada.”
Proverbio Judaico

Deus não castiga e nem recompensa ninguém.

A divina sapiência criou Leis imutáveis e eternas que regem os capítulos de evolução dos mundos e dos seres.

A lei do retorno é incontestável e inflexível. Pois ela é uma das grandes protagonistas do livro do destino da vida.

Para cada ação, existe uma reação e nós somos reféns das mesmas.

Agir com inteligência, amor e bondade são caminhos de realização e sucesso. Agir de forma mesquinha, pequena, procurando sua realização em detrimento do seu próximo são caminhos de dor, reequilíbrio e aprendizado.

Porém quando somos vítima de ataques, não necessariamente precisamos também levantar a espada. Ler restante »

Eclipse solar – Pombagira e a magia da Luz interior

Sabemos que a vibração da esquerda atua dentro do polo negativo humano.
Nossas trevas interiores são profundamente trabalhadas pelos guardiões e guardiãs da umbanda que atuam de forma intensa em nosso íntimo no intuito de expurgar nossas trevas interiores.

Portadores de Mistérios mágicos, atuam nas passagens de níveis e vibrações, auxiliando na transfiguração das trevas em luz.

Aproveitando os fenómenos onde portais naturais se abrem de forma temporal, a esquerda realiza e potencializa condições reais de transformação interior. Ler restante »

Diversidade de Umbanda

Dentro do universo da Umbanda, assim como na vida e em outras religiões encontramos a unidade e a diversidade.

Na unidade encontramos a Fé em Deus, nos Sagrados Orixás, nos Guias de Lei, assim como no propósito de fazer o bem, e de buscar um desenvolvimento espiritual, mediúnico, consciencial e humano.

Procuramos fazer o nosso melhor para termos um mundo melhor.

Na diversidade encontramos a varias formas de pensar, entender e fazer Umbanda, ou seja, os fundamentos e o “modus operandi” de cada casa, que por norma respeita sempre o conhecimento recebido de sua vertente espiritual de acordo com a ascendência doutrinaria e religiosa de cada  templo

Cada um pratica a Umbanda que conhece, sempre visando o bem, a irmandade e paz de Oxalá.

Assim é importante que o umbandista não se ponha como dono da verdade e não seja pretensioso,  intolerante, e fundamentalista.

Respeite a Umbanda que seu irmão pratica.

Heldney Cals

As horas grandes e pequenas, velas e trabalhos na Umbanda

Dentro dos fundamentos da Umbanda encontramos o mistério das horas planetárias e sua ação dentro da estrutura espiritual no plano físico.

A luz solar é um elemento energizador que promove uma limpeza, uma “varredura” espiritual no plano físico, sanando nosso ambiente energético e eletromagnético, proporcionando uma maior ativação energética. Enquanto a ausência da energia solar propicia o acumulo de energias deletérias. Por isso grande parte dos trabalhos de magias negativas são realizados no período de maior escuridão.[1]

Somos frutos do meio e automaticamente somos influenciados energética e espiritualmente pelo período de exposição solar ou se assim preferirem pelo giro do planeta. E seu movimento de rotação e translação altera nosso campo energético[2]. Tanto é verdade que de dia sentimo-nos mais energizados e bem-dispostos e a noite desenergizados e sonolentos. O mesmo serve para o verão e para o inverno.

Na estrutura energética, espiritual e dimensional de nosso planeta existem algumas estruturas que podemos chamar de aberturas ou Portais dimensionais e magnéticos. Quando Ler restante »

A Justiça de Exu

“A função da Esquerda é resguardar o equilíbrio e reestrutura-lo quando é preciso”.

Zé Pilintra

Todo umbandista sabe que exu[1] é agente da Lei Maior e que “responde” a Ogum, o senhor máximo da Lei Divina. Porém raramente atentem para o fato de que para existir Lei é preciso existir antecipadamente Justiça ou legislação par que a Lei possa ser devidamente aplicada.

A Justiça Divina é regida por Pai Xangô e prima pela estabilidade, pela segurança e pelo equilíbrio da Criação e de todos os seres, assim exu também é agente da justiça, por isso também é agente kármico e age dentro da Lei Maior para compensar os justos e corrigir, reequilibrar  todas as ações contrárias a harmonia universal, assim como reeducar, repreender e se preciso for, castigar aqueles que estão por trás dessas ações negativas e perniciosas.

Quando falamos Castigo, não estamos simplesmente falando de fazer sofrer a quem quer que seja, mas sim, e muitas vezes deixa-lo só, sem amparo perante as consequências de seus atos.

Nenhum Guia de Luz gosta de ver o sofrimento de um filho seu, por mais que entenda que muitas vezes as lágrimas Ler restante »