Ritual do Exu do Ouro 2019

Nesse ano de 2019, houve uma alteração do Ritual de prosperidade na força de Exu do Ouro.
Para quem já tem as moedas ou imãs consagrados, pode repetir esse ritual normalmente, iniciando-o todos os anos. Para quem esse ano ganhou a moeda dourada. Essa moeda pode ser usada da mesma forma no ritual abaixo, ou simplesmente usada na carteira ou caixa de seu comercio, enfim, onde você movimenta dinheiro. Lembre-se apenas de não misturar a moeda consagrada com as outras moedas. Assim aconselhamos que isole a moeda de alguma forma, seja fazendo uma marca, colocando-a dentro de um saquinho de pano, etc.
Prosperidade e felicidade a todos!

Ritual do Exu do Ouro

No universo existe Leis, uma dessas leis é a lei de atracção.

A lei de atração nos diz que tudo aquilo que sentimos reverbera na energia astral que é sensível e reativa a nossas vibrações, manifestando aquilo a que chamamos de realidade. Ou seja, a nossa realidade exterior é similar a nossa realidade interior.

Assim sendo, tudo que acontece a sua volta está em sintonia é com seus padrões internos.

Assim devemos ver e rever quais são os sentimentos, os pensamentos e as emoções que temos em relação ao dinheiro.

Será que eu me relaciono bem com o dinheiro?

Será que eu faço ele circular na minha vida adequadamente, ou eu gasto mais do que ganho? Ou em alguns casos, será que eu economizo mais do que preciso me deixando carente de algumas experiências que o dinheiro poderia me proporcionar?

Se gasto mais do que necessito, estou criando para mim, para minha vida, para os meus pensamentos, sentimentos e emoções padrões que reflectem dividas, escassez, dificuldades, que a seu tempo repercutirão em minha vida.

Se eu me privo demais em minhas necessidades, não usufruindo dos benefícios que o dinheiro pode trazer para minha vida, eu estou dizendo para mim mesmo que dinheiro não faz falta, porque eu já tenho tudo que eu preciso, eu já tenho tudo o que ele me pode proporcionar.

Assim precisamos nos relacionar com o dinheiro com inteligência, com sensatez e com equilíbrio.

O dinheiro é um bem em nossas vidas, mas esse bem só flui se criarmos condições específicas para que ele ocorra.

Assim se você gasta mais do que necessita, ou do que ganha sem nenhum propósito específico, apenas por impulso, você pode estar agindo em desacordo com as leis que regem a prosperidade do universo.

Porém se você faz uma divida, ou melhor dizendo um investimento de forma pensada, programada, você pode estar dando um impulso a sua prosperidade.

Se você economiza demais o dinheiro, privando-se em suas necessidades básicas sem ter uma meta, um objectivo específico, apenas para que se alguma coisa vier acontecer você não seja pegue desprevenido. Você estará criando condições para que alguma coisa de ruim aconteça, pois dinheiro é energia e energia foi feita para circular, para agir.

Se você economiza, se priva de algumas coisas com o objectivo específico você manda uma mensagem para o universo dizendo que se prepara, que acumula meios e condições para a realização de algo. Seja uma viagem, um projecto, uma formação, seja aquela prenda especial para você.

Assim temos que saber que nossa prosperidade financeira não depende única e exclusivamente do que ganhamos, mas também de quanto e como nós gastamos.

Em que nós gastamos?

Investimos em objectivos úteis a minha vida, ou gastamos apenas por gastar?

É percentual directo e objectivo.

Assim devemos nos programar o quanto podemos gastar nosso dinheiro, para saber em que podemos ou não investir. Assim o ideal é sua programação não ultrapasse os 80% / 90% dos seus rendimentos.

Assim é sempre importante procurar economizar alguma coisa.

Sei que alguns de vocês devem estar a pensar: “ mas como fazer isso com tantos compromissos assumidos”?

Aprendendo a economizar, a juntar, a acumular valores.

E isso é um comprometimento com você mesmo.

O ritual do Exu do Ouro esse ano está diferente, justamente porque alguns de vocês, se não a maioria não tem a disciplina ou a consciência necessária para poupar, mealhar, acumular dinheiro.

A grande maioria vai colocando em seu mealheiro quando pode, quando se lembra, etc.

Isso quando não retiram o dinheiro antes do prazo de uma ano, ou mesmo na metade.

E isso é tão verdade, que quando anunciamos o ritual do Exu do ouro, chove de perguntas, se pode usar as mesmas moedas, se podem fazer o ritual de novo sem ter realizado sua poupança, seu investimento.

Assim esse ritual vai ocorrer de forma diferente,

Depois do ritual, vai ser lhe dado um imã que já está ritualizado e magnetizado, para você colocar em seu mealheiro.

Junto com esse imã você vai escrever num papel qual o objectivo que você está a guardar o dinheiro, o que você quer fazer de investimento na sua vida com ele. Tem que ser um objectivo directo e objectivo. Fazer um curso, uma viagem, cuidar dos dentes, trocar de carro, não importa você vai dar um sentido a ele.

Vai enrolar esse papel no imã e vai colocar em seu mealheiro.

Depois você vai definir um valor que você pode poupar todas as semanas.

Escolha um dia e nesse dia você se comprometerá com você mesmo em colocar esse valor em seu mealheiro. Isso não quer dizer que você não pode colocar esse valor em outro dia, ou outros valores, mas é para que você se comprometa que toda semana você irá guardar, economizar esse dinheiro para a realização do seu objectivo.

Esse valor pode ser qualquer um: 1 euro, 3, euros, 5 euros, 10 euros, 100 euros, de acordo com a realidade e a capacidade de cada um. Não pode ser algo penoso para você, tem que ser um valor que você se sinta confortável em fazer.

Haja o que houver, evite ao máximo mexer no dinheiro, ele tem algumas finalidades específicas além de ajudar você a acumular bens em benefício de seu objectivo.

1º Objectivo – ajudar você a conseguir determinado propósito

2º Objectivo – criar para você uma folga financeira, uma liberdade financeira caso seja necessário usa-lo em uma eventualidade.

3º Objectivo – Você está criando uma conexão com a lei de prosperidade, você está dizendo para fonte de prosperidade que você guarda, acumula bens para seu bem-estar e sua satisfação pessoal. Você está dizendo que no seu processo de ganhar, gastar e investir, você está acumulando riquezas.

Esse ritual tem que ser mantido por um ano.

Heldney Cals

Iniciação à Umbanda

Iniciação à UmbandaMuitas são as pessoas que nos perguntam como iniciar-se na Umbanda. E com intuito de esclarece-las, passamos a baixo a nossa visão.

Acreditamos que o processo de iniciação na Umbanda seja um método de auto iniciação, ou seja, começa com a vontade do principiante em buscar sua transformação e lapidação interior, ao mesmo tempo em que busca relacionar-se melhor com o sagrado e a espiritualidade, predispondo-se a servi-los.

O processo de auto iniciação demanda tempo e esforço pessoal por parte do iniciante, pois a experiência e a maturidade mediúnica só se adquire com a prática, com a persistência e com a boa vontade do adepto de servir, de aprender e de se desenvolver mediunicamente.

Esse desenvolver mediunicamente, não tem a ver apenas com as qualidades e potencialidades mediúnicas do médium, mas sim Ler restante »

Fundamentos de Umbanda

Antes de começar a falar sobre os fundamentos de uma casa de Umbanda que é o motivo desse texto. Eu gostaria de explicar algumas coisas que fundamentam a minha visão.

Sou de um tempo onde as casas de Umbanda possuíam mais assistência do que médiuns e mais médiuns do que dirigentes. Onde nós aprendíamos Umbanda com os chefes espirituais e físicos da casa, assim como, com as nossas entidades quando já possuíamos firmeza o suficiente para isso.

O terreiro que frequentávamos era a grande escola. Não era em cursos ou na internet que buscávamos informação, até por que os mesmos não existiam na época. Livros eram de difícil acesso e raros de se encontrar. Aprendíamos por meio empírico, através da observação e de conversas com o dirigente e com as entidades.

Mesmo nesse período, eu aprendi que cada núcleo de Umbanda é um organismo vivo, que se ajusta e se adapta de acordo com as necessidades espirituais e materiais da casa, assim como, as de seu corpo mediúnico. Onde as regras e os fundamentos de apoio, sim existem fundamentos basilares e de sustentação, são adaptáveis, ajustáveis e mutáveis pela regência da casa de acordo com os objetivos pretendidos. Aprendi que nada é fixo e tudo está em constante mudança, em transformação e em aperfeiçoamento.

Diferente de hoje, Ler restante »

O poder dos rituais

De um modo geral, todos os rituais mágicos, religiosos e espirituais são bastante efectivos. Ou seja, eles agem e funcionam sempre. Porém a forma de acção e o resultado não dependem exclusivamente do ritual por si só.

Isso significa que os rituais vêm criar os meios, vêm dar as condições para que possamos assentar em nós uma energia, uma vibração adequada, para que tenhamos as melhores condições possíveis (energeticamente falando) de resolver o nosso problema, de buscar o que é nosso por direito.

Lembre-se de que ninguém vai nos dar o que não nos pertence, ninguém vai nos dar algo se nós não fizermos por onde e que no universo nada é dado, tudo é conquistado.

Assim, o propósito de um ritual é criar um campo vibratório coadunante com aquilo que nós precisamos, com aquilo que vamos através de nossa força de vontade, de nossa fé, de nossa acção buscar, fazer por merecer, pois só assim algo pode ser de facto meu.

Aqui, se faz importante lembrar ou esclarecer, que toda acção energética, magística e mediúnica se estabelece em nossa vida através da lei de ressonância, que nesse caso representa a média do que vibramos em nosso íntimo. Ler restante »

Vela – Elemento de Poder

Velas-Elemento de Poder

Muitas vezes nos questionam se pode ou não acender velas dentro de casa?

Muitos com medo de atrair maus espíritos para dentro de sua casa devido a sua luz. Ora, se assim fosse o que seria das lâmpadas que temos em casa?

Sabemos que as conexões com entidades se estabelecem por afinidade vibratória e não apenas por causa de uma vela firmada, principalmente quando não é esse o seu propósito.

Posso dizer que sempre acendi velas dentro de minha casa e nunca tive nenhum tipo de problema por causa disso, muito pelo contrário. Sempre me senti muito bem com sua presença e com as conexões de forças sustentadas por elas. Ler restante »

Lei de Atração e a Reforma Íntima

lei-de-atracaoMuito se fala da Lei de Atração. Muito se fala da necessidade de pensarmos positivo para atrairmos coisas positivas para nossa vida.

“ Pensamento positivo, atrai coisas positivas.

Pensamento negativo, atrai coisas negativas”

Sabedoria popular

Mas será mesmo que basta apenas pensar?

Ou é preciso algo mais?

Claro que pensar ajuda, mas esse pensar tem que ser algo natural e não forçado, porém temos que nos esforçar até que seja um pensamento natural[1].Pois só sendo natural é que vibramos e reverberamos a partir de nosso íntimo essa energia positiva e magnetizamos o universo a nossa volta.

Porém como fazer isso, sem fazer um investimento interior, intelectual, emocional, moral e espiritual? Ler restante »

Pai Oxalá e Jesus Cristo – o Avatar Solar

o-avatar-solarQuando estudamos umbanda, estudamos essencialmente os Orixás, que são princípios cósmicos da criação, humanizados em forma de Divindades para que possamos melhor compreende-los, visto que sua dimensão e amplitude é bem maior do que a mente, a consciência e o conhecimento humano é capaz de abranger.

Aprendemos deste de cedo a fazer correspondência ou um sincretismo religioso com os ensinamentos católico, onde os Orixás são representados por Santos. Porém de todos os Santos, de todo o panteão católico só existe um Orixá a qual todos temos uma ideia comum enquanto ao seu sincretismo, que é o de Oxalá, sincretizado e incorporado na figura de Jesus.

Assim decorrer um pensamento sobre Oxalá e Jesus, não é tarefa fácil. Pois se um não é ou outro, pelo menos são os mesmos.

Confuso?
Sim, mas explicável. Ler restante »

Médiuns e as dificuldades da vida

Vivemos num planeta, ou num plano espiritual de expiações e provas.

Existe uma Lei Maior que regula todas as reações da vida[1], e não existe como anula-la, neutraliza-la de forma mágica ou milagrosa. Ninguém vai conseguir limpar o seu karma, nem isentar você dos seus aprendizados, ou mesmo, se assim preferir, das suas lições de vida.

A única forma que eu conheço para diminuir as dificuldades existentes nos caminhos, sejam elas materiais, financeiras, profissionais, sentimentais, espirituais, energéticas, etc. é realizar um trabalho de investimento interior, de reeducação interna, procurando desenvolver um maior equilíbrio psíquico, emocional, comportamental, ético e espiritual.

Ninguém pode fazer um curso, um tratamento, um trabalho espiritual acreditando que ficará livre de seus aprendizados na vida, alguns até mesmo dolorosos Ler restante »

O trabalhador é meu, mas o pensador é seu”!

Depois de algum tempo frequentando a Umbanda, quando tinha aproximadamente catorze anos escutei pela primeira vez esse ensinamento por partes dos Guias que assessoravam D. Francisca[1].

De início não entendia bem o que os Guias queriam dizer com essa afirmação, por isso, me concentrava com todas as minhas forças na hora de tomar um passe ou mesmo receber o receituário mágico dos Guias.

Porém, todas as semanas eu ia ao terreiro, e todas as semanas, na hora em que eu era atendido escutava o mesmo ensinamento: “filho, o trabalhador é meu, mas o pensador é seu!” E assim Ler restante »

Princípio Exu

No universo existe um poder regulador do caos e da desordem.
Esse poder é uma Lei Divina, Soberana, um Princípio Cósmico, uma força viva da Natureza que regula os desequilíbrios onde quer que eles se apresentem. Essa força reguladora da Lei que rege os entroncamentos energéticos, é o poder primordial que se opõe ao caos e estabelece o equilíbrio, regulando as forças da evolução.

Essa força na Terra, dentro da realidade humana, na visão da Umbanda é interpretada e entendida como uma divindade, como um Orixá, como Exu.

Orixá é um poder divino, uma emanação de Deus, um simbolismo ou um entendimento das Energias Superiores da Criação que vibram e atuam muito além da realidade e do conhecimento humano.

Dentro da ação espiritual humana essa força se dá a conhecer e se manifesta através de espíritos humanos que se sintonizam com essa “consciência” reguladora e que assumem a função de restabelecer a ordem e o equilíbrio. São agentes da Lei Ler restante »

Workshop Magia Natural O Poder do elemento Vegetal na Umbanda

 

Workshop Magia Naturalhttp://lendasdearuanda.com/umbanda/?page_id=591